quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Pfffff

As vezes é muito difícil conectar as ideias, outras, explicar as conexões. Na minha cabeça fica tudo lindo, mas no papel parece o Frankstein. Para tentar sair do problema resta ler e reler a bibliografia. Só faz aumentar os pedaços do meu monstro. Nessas horas sou sempre atacada pela alteridade da banca. "Pq vc não usou o fulaninho? O ciclaninho? Eu não gosto desse conceito. Eu não concordo com essa nomenclatura..." É, como diria Sartre, "o inferno são os outros". E eles habitam minha cabeça.

Sou uma pessoa chata agora. Meu trabalho me tira o assunto. Agora eu entendo porque me sentia tão entediada com determinados colegas do meu marido que estavam nessa fase. O trabalho nos consome e só nos resta deixarmos nos consumir. Pra que falar de política, se eu estou prestes a salvar... minha pele? Pelo menos não precisarei fazer análise tão cedo. Talvez uma análise da análise.

Nenhum comentário: