segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Time machine

Eu queria ter uma pra mim. Não para ficar rica com informações previlegiadas ou consertar alguma merda que eu fiz e me arrependo. Também não tenho a ambição de evitar a morte de ninguém. Ainda mais depois de ter visto 'Pet Sematery'. Eu queria mesmo era voltar no tempo para sair dos recintos antes do ouvir a série incrível de absurdos que ouço com uma certa frequência de alguns familiares. Esses absurdos são ditos num tom tão digno que a pessoa que os profere se crê dona da verdade. Qualquer pessoa que estivesse à escuta se chocaria com certos comentários que ouço desde a minha mais tenra infância. Talvez eu me arrependa de ficar só com cara de tacho na maior parte das vezes, mas acredito que a pessoa que chega ao ponto de ser tão cínica não merece nenhuma resposta. É levar um louco à sério, ou seja, coisa de doido.

Um exemplo? Hum... melhor deixar pra lá.

Um comentário:

Dizem que é a Vi disse...

Ah se eu tivesse uma time machine... hehehe