quinta-feira, 14 de janeiro de 2010

Ai meu deus, eu vou casar!

Ah, eu vou casar! Logo eu que fui sempre a mais sem graça das minhas primas. A mais tímida da sala. A mais muleca da minha rua. A mais tosca, desbocada e gorda das meninas da minha adolescência. Nem eu acreditava que ia casar. Fui durante muitos anos "a solteira" das minhas amigas. Odiada pelos namorados delas. A minha mãe suspeitava da minha sexualidade pois estava sempre só. Eu me achava uma pessoa incapaz dessas coisas.

O amor só dava errado comigo. Sempre acabava gostando de quem não gostava de mim. Ou quando era correspondida o cara não prestava. Não conseguia levar meus relacionamentos adiante. Eu era uma ostra. Era tão difícil me abrir que optei pela solidão. E não é que quando estava me resignando com minha condição, quando o meu objetivo de vida passou a ser ter um lugar onde coubesse um cachorro e um gato pra me fazerem companhia, eu tropecei nele?

Completamente diferente de todos os homens que já conheci. Ele é lindo, educado, cozinha pra mim, arruma a casa, é inteligente... Só não falo mais pra não deixar vcs com inveja. E depois de 2 anos morando juntos vamos assinar os papéis. Eu sinto uma excitação enorme misturada com um friozinho na barriga. Afinal, eu ainda sou a mulher da relação.

Será que a minha vida vai mudar depois de virar uma pessoa oficialmente casada? Ou isso é coisa da minha cabeça? Sei que vai parecer paranóico, mas ser casado é tão tradicional. Será que eu entrei no pacotinho? Eu sempre achei a gente um casal tão cool. Será que vamos continuar? Bom, se o test drive é suficiente para testar a eficácia do produto, tudo indica que seremos muito felizes. Mas só tem um jeito de descobrir como são as coisas pós-casamento...

11 comentários:

Dizem que é a Vi disse...

Parabens.

Caso me esqueçam disse...

haha gostei do post. me identifiquei bastante! você nem imagina!

bom, mas vamos saber: o que você acha que vai mudar na sua vida pratica no pos-casamento? por que você vai casar? (pelo que eu vejo aqui de você, nao eh porque todo mundo casa...). o que você espera com isso? qual a real necessidade que você sente de fazer isso? (é, eu sei, eu pergunto demais...)

outra, vocês moram ha dois anos juntos? pô, isso é mais que otimo! a maioria dos casais que a gente conhece não da certo porque tudo é extremamente idealizado. aih no primeiro peido que o cara solta, o teto vem abaixo (nao literalmente, espero). então, o fato de você assinar um papel, não vai necesariamente mudar o que vocês ja tem. o maximo que vai acontecer é que você vai ver um homem extremamente espetacular na rua e vai saber que ele nunca sera seu. OU você pode olhar pro seu homem e pensar que ele sempre sera seu. ai depende de cada uma... (essa coisa de alguem ser "seu" é soh forma de falar, afinal, virariamos objetos se pensassemos mesmo assim).

eu e camilo moramos juntos desde o primeiro dia em que nos conhecemos (eu voltava pra casa dos meus pais duas vezes por mês, uma vez...) e antes de nos casarmos, eu ja tinha escutado todos os peidos, me dado conta de todas as imperfeições, das manias etc. o passo seguinte não foi muito chocante. acho que o mais impactante num casamento é que você passa a dividir o mesmo teto com outra pessoa. entao, como vocês ja tem isso (e ha muito tempo!) as chances de darem certo (dar certo pra mim e viver feliz e/ou terminar de forma tranquila) é muito grande. pra mim, cada dia parece melhor que o ultimo. :)

você ja assistiu frida? se nao viu, evite ler meu proximo paragrafo:

====

tem uma parte em que frida vai casar com diego e dai uma mulher começa a discursar dizendo que nao acredita em casamento. mas depois ela continua dizendo que quando ela vê um casal que vai se casar (dirigindo-se a frida) e que estah ciente dos "perigos" do casamento, que esta disposto a seguir os riscos, ela fica feliz. é isso: se você sabe que você faz parte de um casal cool, nao interessa se vocês vao assinar os papeis, vocês continuarao cool...

===

espero que vocês continuem sendo felizes. os papeis so sao um detalhe que vai alterar suas vidas burocraticamente. você tem que ver a coisa assim... ;)

beijos! e parabens! muitos vivas a vocês! =~

aah, e quando sera o casorio?

Mari disse...

2 anos?? Vai fazer 2 anos em 2010 né?
Mas amiga, vai na fé. Casamento é a maior aventura da vida. Muito maior do que ficar pulando de galho em galho por aí hehehe

Drixz disse...

A gente já é muito feliz junto. Já me sinto casada com ele desde que aceitei o pedido, antes de irmos morar juntos. Vamos casar por formalidade porque vamos passar um ano fora e como somos latinos, para sermos um pouco mais respeitados, devemos formalizar nossa união. Eke vai terminar o doutorado e pra eu poder trabalhar e viajar pelas Zoropa, essas coisas. hehe Tem dois anos pq eu tava morando na casa dele antes da gente alugar o apê. Igual a vc, Lucy. Eu ia na casa da minha mãe só pra deixar as roupas pra lavar e trocar por outras.

La Berçot disse...

Ai, Drica!
Que lindo!!!
Parabéns e muita felicidade para vc. Ou melhor... para vocês!!!

=)

Anônimo disse...

Dei mole de, na época que pude, não ter tentado algo com você... Enfim, seja feliz!
Obs.: contrariando a sua baixa autoestima, sempre achei você, com todo o respeito, linda e gostosa!

Amanda disse...

Uau! Declaracoes de amor anonimas no blog? Ta podendo heim dri?

Quanto ao casamento, como a luci falou, é so um pedaço de papel que na realidade nao vai mudar em nada a relacao de vcs. Eu tbm casei por questoes burocraticas e o casamento foi so uma formalidade pra facilitar as coisas. Me recuso a chamar meu namorado de "marido", acho tao brega! ahhahahaha! Beijos!!

Bruna Paiva de Lucena disse...

Parabéns mulher! Não se apegue ao rotulo do casamento que no imaginário padrão é quase uma merda mesmo!Re-inventem essa instituição!

Srta. Bia disse...

Também estou pensando em casar esse ano e tenho a mesma dúvida que você. Casar no papel muda algo? Casar no papel significa que me rendi ao pacotinho que a sociedade espera de mim? O que me resta de rebeldia é só o fato de não querer ter filhos?
Mil perguntas. Mas acho que mesmo sem precisar morar fora do país vou topar o desafio de oficializar perante o Estado nossa relação. E acho que no fundo é bem legal.

Loreley disse...

Desejo sorte e todo amor que houver nessa vida ao casal cool!!!
beijos.
Ludimila.

schvinder-silva disse...

O casamento é uma dádiva de Deus, casar é a melhor coisa que vc pode fazer. O casamento quando firmado em bases bíblicas, e cultivado em princípios bíblicos é uma bençao, mas quando se começa um casamento sem princípios bíblicos, pode ser um desastre. Mas vc percebeu como Deus é misericordioso? Vc estava se isolando, e isso era muito ruim, pois Deus quando fez Eva para Adao, é pq viu que o homem precisa de um parceiro(a), entao providenciou este marido maravilhoso para vc. Basta agora vc e ele seguirem nos passos de Jesus e vcs serao muito felizes juntos. Profetizo sobre vcs toda sorte de bençaos.Bendito serás no campo e na cidade, bendita serás ao entrares e bendita serás ao saíres, bendito o fruto da produçao e do teu trabalho e bendito o fruto do teu ventre.
A paz de Deus para vcs
Um abraço.