sexta-feira, 19 de fevereiro de 2010

Calor demais, trabalho de menos

Ainda bem que eu não entendo nada de Biologia do ser humano. Ainda agora me peguei pensando em como é estranho a gente gastar 80% de todos os igredientes que ingerimos apenas para mantermos nossa temperatura corporal. Que não somos uma máquina perfeita está óbvio, mas porque então quando está quente, como o inferninho de Brasília, não nos sentimos menos famintos e mais ativos?

Eu não sinto muito fome nesse clima, mas também não sinto disposição pra nada. Minha cabeça dói e a única coisa que me anima são atividades "molhadas". Tomar banho, banho de piscina, até lavar a louça parece bom só pra mexer um pouco com água. Ruim mesmo é perceber que tá tão quente q o chuveiro no verão não esfria a água e que ela sai morna de todas as torneiras da casa.

Correção: atividades com água fria me animam. Cerveja gelada tbm.

Nenhum comentário: