quinta-feira, 25 de junho de 2009

Lei Maria da Penha

Eu realmente duvido da eficácia dessas manifestações pela internet. Mas acredito que em um ponto elas podem funcionar: mostrar ao governo a vontade de uma parcela da população. Digo parcela porque nem todos tem acesso à internet e como tudo aqui é feito ou para os políticos ou para os pobres (em época de eleição), nós somos uma parcela da população à deriva clamando para sermos ouvidos. No meu caso, sou chamada de minoria, mesmo sendo metade da população mundial, mulher. Quem já presenciou, sabe ou conhece algo e se indigna com a violência contra a mulher pense na importância de dar força à lei Maria da Penha. Para quem não sabe, Maria da Penha era uma farmacêutica que levou 3 tiros do próprio marido e acabou ficando paraplegica. A pena ao marido foi tão leve que para se ver livre da ameaça teve que recorrer ao Centro pela Justiça pelo Direito Internacional (CEJIL) e o Comitê Latino-Americano de Defesa dos Direitos da Mulher (CLADEM), e juntamente com esses formalizou a denúncia à Comissão Interamericana de Direitos Humanos. Essa petição é para tentar dar uma forcinha para lei.

http://gopetition.com/online/28830.html


Agradecimentos à Loreley que foi de quem eu peguei o link emprestado


Nenhum comentário: