quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Tempo, tempo, mano velho!

Desgraçado! Eu não tenho um só pra mim, e ele nunca me pertencerá! Ai ai

A falta de tempo faz as idéias descolarem da cabeça. No meu caso elas ainda escorrem pelo chão tão diluídas que é impossível retomá-las. Uma leve sombra vaga na minha mente daquilo que uma vez pensei.

Mas, caso vc não seja como eu, vai aí mais uma dica literária! O livro é um romance de formação brasileiro da Conceição Evaristo: Ponciá Vicêncio. Ele conta a história da vida de uma menina negra no interior, neta de escravo liberto, mas que leva a vida ainda nas terras do ex-senhor de seu pai. O livro mostra a precária situação em que vivem os ex-escravos e a profundidade simples dos sonhos deles. É uma leitura rápida e muito agradável. As personagens são encantadoras e bem construídas e o que eu mais gostei no livro foi a passagem do tempo bem como na tradição africana - cíclico. Fica bem claro no livro que não adiante sermos senhorxs de nossas ações quando o tempo regula a eficácia delas.

É um livro difícil de achar, mas quem esbarrar com ele por aí, leia-o. Tenho certeza que não se arrependerá.

Nenhum comentário: