quarta-feira, 16 de março de 2011

Varför är du i Sverige?

Anteontem tive minha primeira aula de sueco. Bom, o curso se chamava Swedish for beginners, mas eu acho que eu era a única iniciante completa na sala. O fato de vc morar aqui não necessariamente te obriga a falar o idioma. Todo mundo fala um inglês, nem que seja marrom. Mas é claro que eu só falo isso pq até agora não precisei falar sueco. Ia facilitar na hora de pegar um trem, por exemplo, mas dá pra se virar com o inglês de todo modo.

Mas voltando ao assunto do título do post, quase toda a primeira aula de línguas é a mesma coisa. "De onde vc vem, onde mora, que línguas fala..." Mas a perguntinha do início do texto eu não soube responder. "O que vc veio fazer aqui na Suécia?". Eu sei a resposta, mas fiquei com uma pontinha de vergonha de dizer e a professora não me ajudou no vocabulário. Vim acompanhar meu marido. De verdade, eu não fui para aprender sueco, mas acabei falando isso. Porque eu fiquei com vergonha de dizer? Talvez porque a maioria das mulheres que "dá um tempo na carreira" por causa do marido, acaba engravidando e não volta nunca mais ao mercado profissional.

Daí cabe pensar: é esse o meu caso? Não, definitivamente não. Eu não tinha nada em vista em Brasília, tinha acabado de terminar meu mestrado e não tenho idéia do que fazer (ou se fazer) no doutorado. Portanto, acho que vim pra cá, além de acompanhar meu marido, para me encontrar. Tudo bem que esse não é o tipo de lugar que as pessoas costumam escolher para repensar a própria vida, mas como eu não tenho nenhuma obrigação formal, posso pensar com calma no que fazer quando voltar.

(Mas será que não é isso que todas nós pensamos antes de virarmos esposa/dona de casa?)

3 comentários:

luci - caso me esquecam disse...

acho que a gente se preocupa demais com o que as pessoas vao pensar. afinal, qual o problema de tu acompanhar teu marido? seja pra virar esposinha, seja pra trabalhar? toda vez que me perguntam porque eu tou na frança, eu respondo "porque tou casada com um frances". e fica parecendo que minha vida eh/foi planejada em funcao desse homem, sabe. porque as vezes nao da pra explicar "mas olha, eu ja tinha me formado, nao tinha nada em vista la, entao por que nao vir pra ca com ele?" e alias, por que eu acho que devo dar explicacoes? (a gente sabe porque)

Drixz disse...

É complicado mesmo. Pq como diria Sartre "O inferno são os outros", malditos! hehehe A gente realmente dá bola demais para o q os outros pensam... ;)

Re disse...

Muito legal essa post,encontrei pq ja estou pensando como será quando eu começar a estudar na Suecia,um idioma que tenho mta dificuldade.Abraços e boa sorte!!