domingo, 13 de março de 2011

universais

Ontem, quando voltávamos para casa, o Marcos me falava algo que me fez rir. Nesse mesmo instante passava um grupo de pessoas por nós que também ria. Eu parei pra pensar, coisa mais engraçada o riso. É a mesma coisa em quase todas as línguas que conheço. Vc pode ouvir dois russos conversando e achar que a coisa está ficando feia, mas de repente, as gargalhadas soam e vc compreende que a conversa estava mesmo animada.

Existem outros sons que parecem universais como o grito de medo, de susto. Mas nem tudo é igual em todas as línguas. Coisa mais estranhas são as onomatopeias. Não acho que os cachorros possam latir em diferente "idiomas", mas no Brasil eles fazem "Au, au" e nos States "Auf, auf", em francês eles fazem "Ouah, ouah". Mas vai por mim, em qualquer lugar que vc tiver, vai reconhecer o latido de um cachorro.

Um comentário:

luci - caso me esquecam disse...

o que eu acho otimo eh a maneira de expressar a dor. achei que em todo lugar se dissesse "ai" na hora da dor. aqui na frança, eh, eles fazem biquinho hahaha eles dizem "ai", mas usam normalmente um "aiê" (sendo esse "e" pronunciado com biquinho). acho tao fofinho!