sábado, 1 de março de 2014

Mais um carnaval

Lantejoulas e paetês
cerveja e brilhantina
a música não interessa
não precisa nem ter rima

Uma beleza quando começa
A grandeza da nossa festa
Ninguém liga para o dinheiro que se gasta
Nem organizar tamanha arruaça
Só importa a farra
Beber pra esquecer o merda que é você

E no fim do glamour
O perfume se mistura com suor
O corpo salpicado de papel picado
O chão mijado
O lápis borrado

Mas quem liga?
Valeu a pena
E a alma, é pequena?


*poema inédito e meu mesmo.

Nenhum comentário: