terça-feira, 10 de março de 2009

?...!...?...!...

Nunca se é velho demais para não ter dúvidas na vida. Eu mesma (apesar de não ser velha) achei que estava bem decidida na vida e que era só seguir com o plano. Tinha realmente me decepcionado com a minha carreira, vi que não se chega muito longe, mas não é que é realmente bom dar aula. Mesmo sendo aquele mesmo blá blá blá de sempre existem mil e uma maneiras de passar o blá blá blá pros alunos.

E faz uma diferença absurda ser reconhecida por gente que entende do assunto. Não há nada pior que duvidar da própria capacidade e sem feedback isso acaba acontecendo. No meu caso foi uma junção de fatores que me puxaram para baixo. E mesmo os senadores franceses elogiando o meu francês não fez com que eu me sentisse uma boa profissional. Mas eu acho que passou. Sei que não posso fazer isso a vida inteira, mas enquanto meu mestrado não me dá frutos, o meu francês paga as contas.

2 comentários:

La Berçot disse...

COMO eu te entendo... só que no lugar de Francês, coloca ballet...

=*

Kally disse...

Ah querida, sei perfeitamente do que falas... tenho uns aninhos de formada e só agora posso dizer que colho os frutos da minha profissão mas sou bem realista.. sei que tenho um teto (baixo, digamos...) mas dá pra se conquistar muitas coisas na área e fazer a diferença... amo o que faço, é o que eu faço de melhor e embora as vezes o serviço não seja valorizado como deveria ou você nao tem o reconhecimento profissional que espera, vale a pena lutar, fazer a sua parte e fazer da melhor forma que você puder.. pra no fim das contas, você nao ser uma profissional a mais, mas ser "a" profissional e é aí que está a diferença... mas a base e o princípio é sabe oq se faz.. e fazer com amor ;} tenho certeza que você terá muuuuito sucesso - profissional e pessoalmente falando - e em breve colerá os frutos do mestrado!!!

:)

beijocass ;*