segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

1 ano!

Difícil mensurar quanto tempo dura um ano. Por mais que sejam 365 dias, 12 meses, quatro estações, dois semestre e muitas horas o tempo continua ainda relativo. Tão relativo que eu não posso dizer com exatidão o dia e a hora em que nos conhecemos.

Posso dizer que não foi coup de foudre, amor a primeira vista, paixão avassaladora. Foi simplesmente como as melhores coisas da vida. Foi natural. Quando me dei conta, antes mesmo de ouvir as palavras mais marcantes de toda a minha vida eu já sabia.

Sabia que não seria tradicional, sabia que não ia ser clichê senão não seria nem eu e nem você. Eu sabia que ia ser simplesmente perfeito e único. Perfeito como um filme de amor que nos faz chorar de felicidade apenas ao ver o casal sorrir. Eu não tenho palavras para descrever tudo o que sinto, mas posso dizer que é simplesmente a melhor coisa que já me aconteceu em toda a minha vida. Meu amor tranquilo com sabor de fruta mordida, nós na batida no embalo da rede - sempre.

Eu simplesmente amo você.
Amo você sem se, mas, porque, apesar de.

4 comentários:

Strepsiades disse...

>=)

Mari disse...

amar é mesmo muito bom!
parabéns pra vcs! vcs são lindos juntos!
bjos!

La Berçot disse...

Naturalmente...
Assim é bacana mesmo!
E eu que o diga =)

Ká ' disse...

Eis o verdadeiro amor.. o sincero, o genuíno: o eterno!

Que DEUS abençoe.

E ah! voltei... voltei com o blog mas mudei de endereço. Saí do pratracrá do blogspot e me mudei para o wordpress. Lá estou. E claro, ja atualizei seu link, afinal, nao posso deixar de vir aqui :) ótimas palavras sempre.

Bjs