sexta-feira, 19 de outubro de 2012

Vadia

Segue aqui meu poema homônimo:

Vadia

Você me chamou de vadia
só porque não fiz o que queria
Mas quanta gentileza sua, falar isso depois de ter me visto nua!

É difícil de acreditar que um dia eu quis me casar
só porque não preparo o jantar?
Você me chamou de vadia
porque minhas pernas a mini-saia não escondia?
Mas não foi isso que te fez querer sair comigo aquele dia?

Mas eu digo a você,
uma vadia não é difícil de encontrar,
nós estamos em todo lugar.
Sendo nós mesmas, não temos medo de desagradar.

Agora essa mulher que você espera encontrar,
vive sempre no mesmo lugar, muito fácil de achar:
Um livro de século XIX, que é o seu devido lugar.

3 comentários:

Palavras Vagabundas disse...

Drixz,
adorei posso publica?
bjs
Jussara

Drixz disse...

Claro, Jussara. Tá as ordens.

Glória Maria Vieira disse...

ARRASOOOOOOOOOOOOU, Drixz!